Categorias
Cientista-chefe Governo Segurança Pública Transformação Digital

Conheça o Programa Cientista-Chefe do Governo do Ceará

Você sabe o que é o programa Cientista-Chefe e qual a sua função na gestão pública? Conheça agora essa importante iniciativa que alia Universidade e Governo.

Em suma, o programa Cientista-chefe é uma iniciativa da  Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) juntamente com a Universidade Federal do Ceará (UFC) e o governo do estado do Ceará. Assim, o projeto é composto por pesquisadores e cientistas que atuam em secretarias e órgãos estratégicos do Governo do Estado do Ceará.

Inicialmente, o intuito da equipe de pesquisadores e cientistas é proporcionar à população uma melhoria nos serviços públicos e assim, na qualidade de vida da população através de novas tecnologias e aprimoramento de serviços existentes.

O programa é inspirado em modelos de sucesso fora do país, por exemplo, os Estados Unidos que possuem o programa Office of Chief Scientist. Assim como o projeto cearense, o escritório americano tem o papel de fornecer contribuições científicas, além de estabelecer o vínculo entre o conhecimento científico produzido nas universidades e o poder público. 

Como resultado do excelente trabalho desenvolvido pelo projeto, no início de 2021 o governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou o projeto de lei que regulamenta e, assim, torna o programa Cientista-Chefe uma política de Estado.

Áreas de atuação 

Cada área é coordenada por um cientista-chefe, indicado após avaliação de critérios como produção científica, formação e ligação com núcleos de pesquisa de alto nível. A classificação foi realizada de acordo com a Capes para especificar cursos de excelência em instituições cearenses. Desse modo, o programa atua em áreas estratégias da gestão pública como:

  1. Dados e Transformação Digital
  2. Saúde, 
  3. Segurança Pública,
  4. Educação, 
  5. Ciência de Dados, 
  6. Energia, 
  7. Infraestrutura Viária, 
  8. Pesca e Aquicultura, 
  9. Recursos Hídricos, 
  10. Proteção Social, 
  11. Ecossistema de Inovação, 
  12. Meio Ambiente, 
  13. Aquicultura e Pesca Artesanal, 
  14. Judiciário,
  15. Agricultura e 
  16. Economia.

Fonte: ceara.gov.br

Cientista-chefe no Insight

Além de ser coordenador do Insight, José Macêdo é também o cientista-chefe na área de Dados da Transformação Digital do Governo do Ceará e professor associado do Departamento de Computação da Universidade Federal do Ceará (UFC). Macêdo, que também já foi cientista-chefe da área de Segurança é mestre e doutor pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) realizou seu pós-doutorado na EPFL com a pesquisa: Processamento de Dados em Larga Escala em Nuvens Computacionais.

O programa cientista-chefe atua na Casa Civil com o projeto de Transformação Digital em parceria com o laboratório Íris – Laboratório de Inovação e Dados. Juntos, o Íris e o programa Cientista-chefe desenvolvem ações para acelerar a digitalização de serviços públicos do governo cearense.

Benefícios do Programa à sociedade

O projeto Cientista-chefe na área de segurança pública tem como objetivo, principalmente, realizar estudos científicos para aplicar soluções tecnológicas de identificação humana (civil e criminal) e veicular. Dessa forma, um dos  principais resultados é a plataforma Big Data para integração de dados. Ou seja, um ambiente onde materiais como vídeos, áudios, imagens e dados de redes sociais são analisados em tempo real.

As iniciativas têm relação direta com os resultados positivos obtidos pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), como redução no número de homicídios, roubos de veículos e assaltos. Além disso, os sistemas de inteligência ajudam a rastrear as atividades do primeiro e do segundo escalões do crime organizado, que hoje representam um dos maiores desafios para a área de segurança do Brasil.

Com o mesmo intuito de combater a criminalidade O Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia), ferramenta criada pela SSPDS em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Insight permite fazer a leitura de placas veiculares e identificar veículos furtados, roubados e clonados. A ferramenta é um forte aliado nas atuações das forças de segurança contra as ações criminosas e nas reduções dos índices criminais. Em 2018, Fortaleza registrou a maior redução no número de roubos de veículos desde 2011 com uma redução de 16,3%. Nesse mesmo ano mais de 92% dos carros e motos subtraídos em ações criminosas foram recuperados pelas forças de segurança em todo o território cearense.

Fonte: Governo do Ceará e O Povo.