Categorias
Cientista-chefe Governo Segurança Pública Transformação Digital

Conheça o Programa Cientista-Chefe do Governo do Ceará

Você sabe o que é o programa Cientista-Chefe e qual a sua função na gestão pública? Conheça agora essa importante iniciativa que alia Universidade e Governo.

Em suma, o programa Cientista-chefe é uma iniciativa da  Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) juntamente com a Universidade Federal do Ceará (UFC) e o governo do estado do Ceará. Assim, o projeto é composto por pesquisadores e cientistas que atuam em secretarias e órgãos estratégicos do Governo do Estado do Ceará.

Inicialmente, o intuito da equipe de pesquisadores e cientistas é proporcionar à população uma melhoria nos serviços públicos e assim, na qualidade de vida da população através de novas tecnologias e aprimoramento de serviços existentes.

O programa é inspirado em modelos de sucesso fora do país, por exemplo, os Estados Unidos que possuem o programa Office of Chief Scientist. Assim como o projeto cearense, o escritório americano tem o papel de fornecer contribuições científicas, além de estabelecer o vínculo entre o conhecimento científico produzido nas universidades e o poder público. 

Como resultado do excelente trabalho desenvolvido pelo projeto, no início de 2021 o governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou o projeto de lei que regulamenta e, assim, torna o programa Cientista-Chefe uma política de Estado.

Áreas de atuação 

Cada área é coordenada por um cientista-chefe, indicado após avaliação de critérios como produção científica, formação e ligação com núcleos de pesquisa de alto nível. A classificação foi realizada de acordo com a Capes para especificar cursos de excelência em instituições cearenses. Desse modo, o programa atua em áreas estratégias da gestão pública como:

  1. Dados e Transformação Digital
  2. Saúde, 
  3. Segurança Pública,
  4. Educação, 
  5. Ciência de Dados, 
  6. Energia, 
  7. Infraestrutura Viária, 
  8. Pesca e Aquicultura, 
  9. Recursos Hídricos, 
  10. Proteção Social, 
  11. Ecossistema de Inovação, 
  12. Meio Ambiente, 
  13. Aquicultura e Pesca Artesanal, 
  14. Judiciário,
  15. Agricultura e 
  16. Economia.

Fonte: ceara.gov.br

Cientista-chefe no Insight

Além de ser coordenador do Insight, José Macêdo é também o cientista-chefe na área de Dados da Transformação Digital do Governo do Ceará e professor associado do Departamento de Computação da Universidade Federal do Ceará (UFC). Macêdo, que também já foi cientista-chefe da área de Segurança é mestre e doutor pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) realizou seu pós-doutorado na EPFL com a pesquisa: Processamento de Dados em Larga Escala em Nuvens Computacionais.

O programa cientista-chefe atua na Casa Civil com o projeto de Transformação Digital em parceria com o laboratório Íris – Laboratório de Inovação e Dados. Juntos, o Íris e o programa Cientista-chefe desenvolvem ações para acelerar a digitalização de serviços públicos do governo cearense.

Benefícios do Programa à sociedade

O projeto Cientista-chefe na área de segurança pública tem como objetivo, principalmente, realizar estudos científicos para aplicar soluções tecnológicas de identificação humana (civil e criminal) e veicular. Dessa forma, um dos  principais resultados é a plataforma Big Data para integração de dados. Ou seja, um ambiente onde materiais como vídeos, áudios, imagens e dados de redes sociais são analisados em tempo real.

As iniciativas têm relação direta com os resultados positivos obtidos pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), como redução no número de homicídios, roubos de veículos e assaltos. Além disso, os sistemas de inteligência ajudam a rastrear as atividades do primeiro e do segundo escalões do crime organizado, que hoje representam um dos maiores desafios para a área de segurança do Brasil.

Com o mesmo intuito de combater a criminalidade O Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia), ferramenta criada pela SSPDS em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Insight permite fazer a leitura de placas veiculares e identificar veículos furtados, roubados e clonados. A ferramenta é um forte aliado nas atuações das forças de segurança contra as ações criminosas e nas reduções dos índices criminais. Em 2018, Fortaleza registrou a maior redução no número de roubos de veículos desde 2011 com uma redução de 16,3%. Nesse mesmo ano mais de 92% dos carros e motos subtraídos em ações criminosas foram recuperados pelas forças de segurança em todo o território cearense.

Fonte: Governo do Ceará e O Povo.

Categorias
Ceará Governo Inovação Tecnologia

Governo do Ceará discute estratégias para melhorar a eficiência do serviço público

Secretários e assessores técnicos do Governo do Estado do Ceará assistiram, nesta quinta-feira (28), a uma palestra sobre eficiência no serviço público. Ministrada por André Tamura, fundador e diretor executivo da WeGov, o encontro tratou também sobre inovação no setor público, principal área de atuação da empresa. Até o próximo sábado (30), o grupo de trabalho fará uma imersão no tema para montar um plano de ações para diversas áreas do Estado.

“Inicialmente, vamos falar do que representa a inovação no setor público não só para o trabalho dos servidores, mas na entrega de serviços para a população. Vamos apontar tendências, tratar sobre conceitos e montar algumas estratégias”, disse Tamura.

Transformação digital do Ceará

O evento ocorre como parte do plano de transformação digital do Ceará. Conforme José Macêdo, cientista chefe de dados do projeto, a ideia é criar um grande banco de dados no Estado, integrar informações disponíveis entre as secretarias, aperfeiçoar digitalmente os serviços ofertados à população e capacitar os operadores desses sistemas. “Queremos capilarizar a inovação em todo o Governo e estamos trilhando esse caminho”, disse.

“Trouxemos a WeGov, empresa focada em laboratórios de inovação para serviços públicos, para fazer algumas dinâmicas com secretários e levantar questões sobre o que é inovação no setor público. Isso dentro do contexto de sermos agentes catalisadores dos serviços prestados à população”, completou Macêdo.

Inovação no serviço público

Em sua fala ao público, André Tamura ressaltou a necessidade de que os governos invistam em inovação e tecnologia para atender a população. “É um fato, a disponibilidade de tecnologia está muito alta e essa diferença de tempo entre as organizações privadas e públicas tem diminuído. Essa mudança, não só de tecnologia, mas de comportamento dos servidores, é urgente e necessária para melhorar a vida das pessoas”, apontou.

O palestrante também apresentou algumas experiências internacionais e destacou a tendência de mudança na percepção sobre o serviço público. “Ao longo dos últimos dez anos, têm surgido histórias de governos supereficientes entregando bom serviço à população e aos poucos essas histórias vão tomar conta do imaginário”, concluiu.

Para o secretário chefe da Casa Civil, Élcio Batista, a imersão no tema, até sábado, será importante para o planejamento dos próximos 37 meses de gestão. “Estamos aqui nessa jornada de transformação digital. Todos nós aqui somos importantes para iniciar esse processo de mudança dentro do setor público, no caso, no nosso Governo do Ceará”, afirmou, acrescentando que os servidores sentirão orgulho de contribuir para transformar o Governo do Ceará no mais inovador do país, desafio posto pelo governador Camilo Santana.

“Será uma vitória maravilhosa e que dará orgulho para os servidores públicos quando os cidadãos reconhecerem o trabalho do serviço público. Orgulho em fazer parte do processo em que os cidadãos começam a mudar a percepção sobre o serviço público, que ele não é mais burocrático, não é mais decidido no birô e que os servidores públicos estão entregando com muito mais velocidade, agilidade e com muito mais qualidade, apoiados pela tecnologia”, destacou.